Sinterp-MT reforça ações pela manutenção/fortalecimento da Empaer

Diretoria leva aos Poderes dados concretos sobre potencial da Empresa

O Sinterp-MT realizou reunião  quinta-feira (11) com os companheiros do laboratório de Várzea Grande para repassar informes sobre diálogos, esforços, reuniões ocorridas em julho com legislativo e executivo pela permanência e fortalecimento da Empaer-MT. O objetivo é reforçar as informações que já estão sendo transmitidas pelos grupos, e-mails, entre outros meios.

No dia 8, o Sinterp-MT/Empaer  dialogaram com o desembargador Orlando Perri, supervisor do grupo de monitoramento do sistema carcerário sobre a possibilidade de parceria Tribunal de Justiça  com a Empaer para contribuir com a mão de obra dos reeducandos.

Com a integração Empaer e outras instituições podem ser resolvidos vários problemas, tais como aproveitamento dos reeducandos, devolvendo a eles dignidade, bem como contribuir com o meio ambiente, com produção de mudas, entre outras vantagens.

A diretoria do Sinterp-MT conversou na terça (9) com o secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho sobre a capilaridade, o potencial da Empaer, que luta para continuar atuando, apesar de uma antiga dívida gigantesca que prejudica captação de projetos, novos recursos financeiros, entre outros.

A Diretoria do Sinterp levou o posicionamento do Sindicato sobre o Programa de Demissão Voluntária (PDV), e a viabilidade da empresa. Os membros do sindicato destacaram que são cientes de que há a necessidade de que o governo faça as devidas correções administrativas no Estado para que possa sair da crise, e que estão prontos a contribuir com o trabalho, mas que gostariam que tivessem a mesma atenção que o governo dedicou ao PDV do MTI. Falaram do potencial dos trabalhos em mais de 90% dos municípios.

Mauro Carvalho falou que referente ao PDV, não tem conhecimento de mudanças nos critérios apresentados, não tem ciência de alteração alguma, e que irá conversar com o secretário Basílio (Seplag). Quanto à viabilidade da empresa, ele conhece toda a apresentação elaborada ao governador. Sabe que o PDV é essencial para que essa viabilidade seja concretizada. Com relação à dívida da empresa, falou que não é tão simples a sua solução, que o governo não tem dinheiro para quitar, no entanto comentou-se da intervenção jurídica para que possam obter as certidões para liberar acesso ao crédito.

A diretoria do Sinterp-MT destacou que o  governo precisava entender que somos parceiros no desenvolvimento do Estado, e que nosso sindicato apoia o que é certo, que somos sensíveis à causa e que temos muito a contribuir.

Assessoria: Cecília Gonçalves

Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

SINTERP/MT - Sindicato dos Trabalhadores da Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Pública de Mato Grosso
Rua Cinco, Setor Centro Sul, Casa 16 - Morada do Ouro CEP 78053-218 | Cuiabá | Mato Grosso | CNPJ: 33.793.803/0001-08
E-mail: sinterpmt@gmail.com | Telefone - (65) 3364-3462 / (65) 99943-0091
Copyright © - SINTERP