MT está prestes a devolver R$ 7 milhões para União que estão disponíveis para construção da sede da Empaer

Se a licitação não acontecer até 31/10, Estado perderá os recursos e pagará multa

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Pública de Mato Grosso (Sinterp-MT), Gilmar Brunetto,  alerta que a Empaer e o Estado correm o risco de perder para a União mais de R$ 7 milhões, se não realizar até 31/10,  a licitação para a construção da sede.

Brunetto lembra que o recurso foi garantido no orçamento de 2008, via emenda do senador Jonas Pinheiro (falecido) estando à disposição da construção desde 2011. “Novamente estamos alertando para o Estado não perder esse recurso, pois não queremos que essa obra se transforme em mais um elefante branco”, destaca Brunetto. Ele pede urgência ao governador Pedro Taques para autorizar a realização da licitação, senão perderão o dinheiro.

Enfatiza que a sede própria da Empaer já deveria estar pronta há muito tempo, no entanto, até agora, não avançou. A Construtora Panamericana Ltda ganhou a concorrência para construir no prazo de 330 dias, executando somente em torno de 8% do total da obra, mas faliu.

“Já estamos no segundo semestre de 2017, e os trabalhadores da Empaer continuam alojados no barracão, no bairro Boa Esperança, vizinho ao Cemitério do Coxipó, sem as condições ideais para executar suas atividades”, concluiu Brunetto.(Cecília Gonçalves Nunes)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *