Sinterp vai a Taques para manter Pesquisa na Empaer

Em nome do Sinterp e do conjunto de empregados da Empaer-MT, Gauchinho trabalha contra o retrocesso e conta que o governo eleito Pedro Taques irá manter diálogo de alto nível com a categoria.

Em nome do Sinterp e do conjunto de empregados da Empaer-MT, Gauchinho trabalha contra o retrocesso e conta que o governo eleito Pedro Taques irá manter diálogo de alto nível com a categoria.

O Sindicato dos Trabalhadores da Empaer não aceita a possibilidade da Pesquisa Agropecuária, dentro da reforma administrativa que está sendo estudada pela equipe de transição do novo governo que assume em 1ª de janeiro, possa vir a ser retirada da estrutura da Empaer.  Por isso, o sindicalista Gilmar Brunetto, o Gauchinho, presidente do Sinterp, protocolou exposição de motivos, no escritório do governador eleito Pedro Taques, e também no escritório da equipe de transição, coordenada pelo prefeito Otaviano Pivetta, propondo um diálogo de alto nível sobre a questão, antes de que seja tomada qualquer decisão.
Em sua exposição de motivos, protocolada no dia 10 de novembro (e que você confere na íntegra, no destaque abaixo), Gauchinho argumenta que, depois de 22 anos da fusão empresas Emater, Empa e Codeagri, que aconteceu em 1992 deu origem a Empaer-MT,  “veio otimizar o estreitamento de relações entre o serviço de Ater e Pesquisa  para que, em complementaridade, possam otimizar seus resultados, trazendo benefícios as famílias rurais, vindo de encontro com a política nacional de Ater, com a criação da Anater”
Em linhas gerais, o sindicalista entende que a implementação da medida representaria um sério retrocesso, em prejuizo da Empaer MT, dos seus profissionais, notadamente dos seus pesquisadores, e também da imensa comunidade rural à que a empresa presta atendimento. Confira,  o inteiro teor da exposição de motivos apresentada por Gilmar Brunetto.

Oficio Para o Governador Taques by SinterpSindicato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.