XIII Confaser vai debater Extensão Rural e Cidadania

 

A exemplo do XII Confaser, realizado em Bento Gonçalves (RS), serão apresentados e discutidos as vivências sobre a extensão rural no Brasil

O XIII Congresso Nacional dos Trabalhadores da Assistência Técnica e Extensão Rural e do Setor Público Agrícola do Brasil (XIII Confaser), será realizado de 26 a 30 de novembro na cidade de Guarapari/ES, com o tema central: Extensão Rural e Cidadania.

“É um momento político e de formação unindo toda a nossa categoria a partir da troca de experiências com o objetivo de discutir teses de relevância social, sindical e política” destacou Carlos José Carvalho, coordenador-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores da Assistência Técnica e Extensão Rural e do Setor Público Agrícola do Brasil (Faser), lembrando todos (as) a escreverem sobre suas experiências com a Ater e o desenvolvimento rural, de acordo com as temáticas estabelecidas nos grupos. “Recomendamos aos colegas que leia com atenção o material que está no site da Faser               http://faser.org.br/confaser/                www.faser.org.br/confaser       onde há todas as informações sobre o Congresso, Cadernos de Teses e até modelos para os trabalhos”, recomenda Carvalho.

Conforme o trabalho da Coordenação Colegiada Executiva Nacional da Faser, o XIII Confaser será organizado em dois grupos de teses:

Grupo 1 – A Ater e a pesquisa agrícola pública governamental como políticas de estado e os desafios para erradicar a pobreza e reduzir as desigualdades sociais no campo.

Grupo 2 – Sindicalismo e organização social dos trabalhadores no contexto histórico, na atual conjuntura e seus desafios.

A Coordenação reitera que o XIII Confaser se expressa a partir do cotidiano dos trabalhos de Ater cujo foco é o trabalho de extensão rural, pesquisa e administração, seja no campo ou no escritório. Busca trazer as experiências, análises, desafios que marcam o trabalho dia a dia, a ser apresentado, de forma simples e até mesmo coloquial, por meio de trabalhos escritos e/ou em pôsteres, tendo como referência as teses aprovadas pela Faser em suas instâncias deliberativas: Confaser Extraordinário e Conselho Deliberativo.

A Faser entende que os trabalhos devem trazer o jeito e forma de trabalhar dos trabalhadores e trabalhadoras na extensão rural, assistência e a pesquisa pública oficial e estadual do Brasil.

Cecília Gonçalves/ Imprensa/Sinterp-MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =