Sinterp

Ação do Sinterp-MT garante assinatura de acordo para reintegração de 51 empregados demitidos da Empaer-MT

A luta continua, pois, 10 profissionais ficaram de fora

 

Na tarde desta quinta-feira (18), foram assinados os termos do acordo para a reintegração de 51 empregados públicos da Empaer-MT, demitidos em maio de 2021, após mais de 30 anos de serviços prestados à pesquisa, assistência e extensão rural mato-grossense.

Conforme a Empresa, a previsão de reinício das funções será no próximo mês de setembro.

O entendimento trabalhado ao longo de mais de 1 ano envolveu o Sinterp, Governo do Estado, Ministério Público de MT, Ministério Público do Trabalho e todos os deputados estaduais da Assembleia Legislativa.

Para conquistar a reintegração, o Sinterp-MT por meio do assessor jurídico Dr Bruno Ricci Boaventura, o presidente Pedro Carlos Carlotto, e o vice Gilmar Antônio Brunetto, diretoria do Sindicato conquistaram também todo o apoio da imprensa e sociedade organizada. Agricultores familiares de todas as regiões de Mato Grosso pediram o retorno dos extensionistas demitidos.

Assim, a Justiça autorizou a Empaer-MT a readmitir os empregados públicos que tenham ingressado nos quadros da empresa estatal anteriormente a 23 de abril de 1993, e os que, embora tenham ingressado posteriormente, o foram com base em processo seletivo deflagrado por meio de edital de recrutamento de pessoal publicado em 08 de fevereiro de 1993.

Carlotto reiterou o sentimento de todos os 51 empregados: gratidão.

Assessoria: Cecília Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.