Sinterp

Governador de MT chama servidores da Empaer de ‘essas porra’ em entrevista à rádio

Fonte: issoenoticia.com.br

https://www.issoenoticia.com.br/noticia/47096/govern

O governador Mauro Mendes (DEM) “deslizou na lhaneza” e chamou os servidores da Empaer de “essas porra”, em entrevista à Rádio Jovem Pan de Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (7).

Mendes comentava a aprovação, em segunda votação, de um projeto de lei pela Assembleia Legislativa que proíbe o Governo de demitir os servidores da empresa pública que é responsável por fornecer políticas e assistência a pequenos agricultores rurais em todo o Estado. O governador insiste na demissão dos servidores e na extinção da empresa.

“(…) nesse caso específico [Empaer], essa decisão [pela demissão dos servidores] ela já foi tomada pela Justiça. Quem disse que tinha que demitir essas porra… esses senhores, essas pessoas que trabalham na Empaer, foi a Justiça, não foi o governador Mauro Mendes, não foi a nossa administração”

A “derrapada” de Mauro repercutiu até entre os apresentadores da Jovem Pan que não esconderam a reação ao ouvir a gafe do governador que tentou corrigir-se imediatamente dizendo em seguida “esses senhores”. (confira no vídeo abaixo)

Na entrevista, o governador ainda questionou os salários recebidos por alguns servidores da Empaer. Ele afirmou que um auxiliar de serviços gerais da empresa recebe mais de R$ 13 mil, contra R$ 1,5 mil no mercado de trabalho.

Esses ‘caras’ precisam respeitar a Constituição, diz Mauro sobre deputados estaduais de MT

O governador Mauro Mendes ainda atacou a Assembleia Legislativa, chamou os deputados estaduais de “esses caras” e ainda afirmou que os parlamentares precisam respeitar a Constituição Federal.

“Eu lamento muito essa atitude da Assembleia. Eu já falei algumas vezes, vou repetir aqui. A Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso é uma casa de leis que faz leis. E se esses caras, esses deputados fazem leis, eles têm que aprender uma coisa importante que é respeitar a maior das leis que existe nesse país que chama-se a Constituição Brasileira. Se eles não respeitam a Constituição, que moral eles têm para pedir que o cidadão, que o Executivo respeite as leis deles?”

Nas últimas semanas, o clima azedou entre o governo e os deputados estaduais que já derrubaram vários vetos, como a da taxação da sol e a própria questão dos servidores da Empaer.